Eco System Brasil

Borrachudos (Simulium)

Simulium (borrachudos) é um gênero de inseto que prefere cursos de águas correntes (altamente oxigenadas). Esses insetos picadores são conhecidos principalmente como pragas incômodas no Brasil, mas apresentam riscos significativos à saúde em outras partes do mundo.

 

As populações de borrachudos podem crescer a tal número que as atividades ao ar livre na área afetada se tornam mais ou menos intoleráveis. Os efeitos variam de um impacto negativo no estilo de vida a um forte impacto econômico em empresas que dependem de atividades ao ar livre.

O controle de Simulium em outras partes do mundo centra-se na capacidade do inseto de vetorizar a doença, principalmente um tipo de filariose subcutânea chamada oncocercose (cegueira do rio). A oncocercose é causada por um nematóide transportado pelo borrachudo. Quando um borrachudo pica, o nematóide é transferido para a corrente sanguínea, onde pode migrar para os olhos, causando cegueira. Tanto o homem quanto o gado são suscetíveis à doença.

Os borrachudos colocam seus ovos na água corrente. Alguns dias depois, as larvas emergem e começam a se alimentar enquanto se agarram a rochas e vegetação subaquáticas.

Veja nosso portfólio para controle do Aedes.